Dancinha

Dancinha

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Me jogaram na rede...

Nos idos tempos em que fui vice-diretor e depois diretor da FAFICH-UFMG (acho que de 1982 a 1990), levamos à frente a contestada construção no novo prédio no Campus da Pampulha, e cuidamos (uma turma boa e dedicada) da mega mudança. Por litígios que não cabem aqui tratar, construímos, na pressão política, quase clandestinamente, um misterioso cômodo de 400 m², antecedido por área aberta de mesma dimensão. A área ficaria destinada à construção de estúdios de TV, e de salas de suporte, coisas à época não percebidas com a importância que mereciam. Hoje, a área ainda é só parcialmente utilizada, mas, fui informado, agora existem planos para a plena utilização. Tomara, penso eu aqui de meu posto de aposentado. À tal construção inacabada foi dado o nome de "Buraco do Paulinho", em homenagem, creio que carinhosa, a esse que vos fala. Fui visitado, há poucos dias, pelo Igor e pela Marina, alunos do Curso de Comunicação Social, e eles buscavam, em entrevista, desvendar parte da história que envolve o lendário Buraco. Pra minha emocionada surpresa, colocaram trechos da entrevista no Youtube. Eu apareço no meu bagunçado escritório, nos fundos de nossa casa, e o tom meio caótico da fala se deve, em parte, porque sou mesmo meio caótico, e, noutra parte, porque o tema e o carinho dos entrevistadores abriram arquivos que estavam guardados em HDs já enferrujados da mente, provocando tempestades entre neurônios que se acreditavam em não merecido repouso.

2 comentários:

  1. Paulinho, sou do grupo dos meninos e participei da edição! Todos adoramos o depoimento aqui!!!

    Carol

    ResponderExcluir
  2. Ei, por que o vídeo foi removido? Sacanagem, cliquei nele seco pra saber tudo sobre o seu buraco...

    Tutuca

    ResponderExcluir